Razões do êxodo dos católicos

Regi Saeculorum

São Domingos diante da Crucifixão. Fra Angelico São Domingos diante da Crucifixão. Fra Angelico

(…) “Quando Eu for levantado, atrairei tudo a Mim” (Jo, XII, 32).

 Essas palavras se referiam, evidentemente, à crucificação. Mas, analogicamente, e com inteira propriedade, podem ser aplicadas à elevação da Hóstia, após a consagração, na Missa, visto que a Missa é a renovação do sacrifício do Calvário.

Primeira Razão: Ora, a Nova Missa escamoteia que a Missa é a renovação do sacrifício da Cruz. Ela escamoteia a noção de sacrifício propiciatório, escamoteia o ofertório, e acentua de modo excessivo a Ressurreição, dando a entender que todos estão salvos com a tradução de “pro multis” com a expressão “por todos”, e não “por muitos”.

    Além disso, vários afirmam que a transubstanciação não é do pão e do vinho no Corpo e Sangue de Cristo, e sim da “comunidade” em Cristo. O povo é que seria transubstanciado e divinizado pela consagração…

View original post 758 more words

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s